A Palavra se fez Carne

Hoje é dia 31 de outubro, 31º domingo do tempo comum.

Os mandamentos da lei da Deus não são simples imposições exteriores, mas regras de vida que resultam da vocação fundamental do ser humano a viver em amor. O amor é a verdade, porque o amor é Deus. Todas as outras leis são expressão da verdade e da fidelidade, que são próprias do amor. Jesus é o mestre que não só nos comunica esta lei fundamental, mas também nos ensina a vive-la, ou seja, a viver o amor. Peça ao Senhor que o ajude a amar mais, a cada dia, a sua própria vida, para que possa amar também os outros.

Escuta o Evangelho de São Marcos, capítulo 12, versículos 28b-34:

“Naquele tempo um mestre da Lei, aproximou-se de Jesus e perguntou: ‘Qual é o primeiro de todos os mandamentos?’ Jesus respondeu: ‘O primeiro é este: Ouve, ó Israel! O Senhor nosso Deus é o único Senhor. Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e com toda a tua força! O segundo mandamento é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo! Não existe outro mandamento maior do que estes’. O mestre da Lei disse a Jesus: ‘Muito bem, Mestre! Na verdade, é como disseste: Ele é o único Deus e não existe outro além dele. Amá-lo de todo o coração, de toda a mente, e com toda a força, e amar o próximo como a si mesmo é melhor do que todos os holocaustos e sacrifícios’. Jesus viu que ele tinha respondido com inteligência, e disse: ‘Tu não estás longe do Reino de Deus’. E ninguém mais tinha coragem de fazer perguntas a Jesus.”

‘Qual é o primeiro de todos os mandamentos’? perguntou o mestre da Lei a Jesus. Mediante esta pergunta, Jesus respondeu indicando que o amor a Deus e ao próximo, sintetiza toda a lei e que não existe maior mandamento do que estes. O mestre da Lei reconheceu que Jesus tinha respondido acertadamente. Jesus, por sua vez, elogiou o mestre da Lei afirmando que ele não estava longe do Reino de Deus. Converse com o Senhor pedindo a graça de acolher seu ensinamento por meio da palavra de hoje.

O mandamento do amor é a orientação fundamental de Jesus a todos nós. Que deve fazer para imprimir este Amor na sua vida, nos seus relacionamentos? Como você vive seu amor a Deus? E para com o próximo?

“Ele não estava longe do Reino de Deus”. Assim, Jesus elogiou o mestre da Lei. O Reino de Deus essencialmente é o amor. Viver o amor é estar sintonizado e comprometido com o projeto de Deus que é o seu Reino. Esta é a nossa vocação. Santa Terezinha assim dizia:

Ó Jesus, meu amor… Minha vocação, enfim, eu a encontrei, minha vocação é o amor”!

Termina tua oração agradecendo a Deus o seu amor por você. Peça a Ele a graça de responder a esse amor para com ele através do serviço a cada pessoa.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: